TRADUTOR

Criação De Sites, Criamos E Atualizamos, Apenas Mensalidades

terça-feira, 27 de setembro de 2016

O Vaticano revelou a existência do planeta Nibiru, conhecido como o Planeta X.

O que há por trás da Santa Sé? Por que há 
documentos que apenas o Papa pode 
acessar? Os arquivos secretos do Vaticano 
são uma das fontes de conhecimento mais 
extensas e menos públicas da atualidade. (VEJA FOTOS E +)
Seus textos superam a cifra de 150 milhões. Se eles fossem 
colocados em uma fila, cobririam algo como 65 quilômetros, e 
neles há registros, correspondências e textos que datam 
do século VIII em diante. De 
acordo com muitas pessoas, 
esses documentos poderiam 
colocar em cheque a Igreja 
Católica Apostólica Romana 
tal qual a conhecemos hoje.
Imagine a quantidade de informações altamente secretas de 
todos os tipos, classes e restrições que pode haver escondida ali. 
Entre todas as conjecturas e teorias vieram vindo à luz ao longo 
dos anos, há algo que tem sido fruto de muita controvérsia por 
muito tempo e, sobre o qual iremos detalhar no artigo de hoje. 
Por isso, continue lendo, porque é muito interessante.
 
Ao longo da história, a Santa Sé teve grande interesse em tudo o que rodeia o cosmos. A raiz do envolvimento do Vaticano na conspiração do segredo extraterrestre, guardando silêncio sobre o caso Roswell ou sobre o encontro entre o Presidente Eisenhower e uma delegação alienígena, em 1954, juntamente com as comissões secretas do governo dos Estados Unidos, o Vaticano desenvolveu um programa secreto de rastreamento extraterrestre e exploração espacial.
Após o incidente Roswell, o Papa Pio XII, juntamente com alguns bispos norte-americanos, criaram o serviço de inteligência do Vaticano, para coordenar as informações sobre o tema dos extraterrestres, com a ajuda de duas comissões secretas da CIA. Após a descoberta de que certos corpos sutis e energias de origem desconhecida só poderiam ser capturadas por infravermelho, em 1993, foi concluída a construção do telescópio do Vaticano, no Arizona, o primeiro telescópio infravermelho do mundo e o mais sofisticado.
Curiosamente, logo depois, a mencionada tecnologia de infravermelho foi retirada das câmeras fotográficas para uso civil, em todo o mundo. Além disso, este telescópio está localizado no epicentro das duas áreas mais importantes da história moderna da ufologia: Área 51 e Roswell. Em 1990, o Vaticano e as comissões secretas norte-americanas decidiram ir em frente e criar o programa Siloé, que consistiu em enviar uma sonda com o mesmo nome para o espaço, a fim de fotografar um suposto corpo celeste.
Tal corpo celeste estaria supostamente se aproximando da Terra e seria conhecido com o nome de Nibiru dos Sumérios. Este projeto tem a classificação "Secretum Omega", ou seja, um projeto que tem caráter ultrassecreto para o Vaticano, bem como tem financiamento privado pelo Observatório do Vaticano, uma instituição livre de impostos. O objetivo de Siloé era aproximar-se de Nibiru e fotografar o corpo celeste.
Uma vez realizada a primeira fase da missão, o nave Siloé reverteu novamente seu curso e se aproximou novamente da Terra para transmitir suas imagens para a base de observação espacial do Vaticano. Esta base está localizada secretamente no Alasca e começou a receber as informações de Siloé em outubro de 1995. O véu destes segredos foi rapidamente prejudicado em 1997, quando o padre jesuíta Malachi Martin, uma figura eminente no Vaticano, um dos poucos conhecedores do terceiro segredo de Fátima, vazou em alguns de seus livros a suposta ameaça do planeta Nibiru para a Terra.
Em 1999, Martin morreu inesperadamente, o que levou muitos a acreditarem que quiseram silenciá-lo, e que o terceiro segredo de Fátima tinha relação com a chegada de uma grande ameaça ao nosso planeta. Há quem diga que o que o terceiro segredo de Fátima esconde pode estar relacionado ao planeta Nibiru, lavado a cabo por meio do projeto Siloé. Porém, este é apenas um segredo através do qual o Vaticano vigia o céu.
De qualquer maneira, um suposto estudo da NASA, realizado em 1988, revelou detalhes sobre o misterioso Planeta X ou Nibiru, com um período orbital estimado de mais de 1.000 anos. De acordo com este documento, a NASA e o governo dos EUA saberiam há décadas que o mencionado planeta se aproxima da Terra, com consequências catastróficas para a humanidade.
Acredita-se que tal planeta está enviando ondas de "partículas" carregadas de energia de plasma através de nosso sistema solar. O fluxo de energia ao longo do tempo irá parar a Terra e provocará alterações climáticas catastróficas. De acordo com os quatro grandes profetas bíblicos, algo verdadeiramente aterrador se aproxima e poderia chegar antes de 01 de janeiro de 2018... 
Qual é sua opinião? Acha tudo isso é verdade? Deixe seu um comentário!

Fonte: Starstock / YouTube-Documentales y mas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...