TRADUTOR

Criação De Sites, Criamos E Atualizamos, Apenas Mensalidades

terça-feira, 19 de julho de 2016

Caso Bianca Toledo causa revolta entre fãs.


A pastora Bianca Toledo contou que o filho, de 5 anos, passa bem e está "aliviado" por ter revelado que sofreu abuso do padrasto, o pastor Felipe Garcia Heinderich. Nesta quinta-feira, durante uma série de vídeos divulgados no Snapchat, a evangélica afirmou que tem enfrentado uma "peleja" e disse que está se preservando para proteger a família. Felipe nega as acusações.(VEJA FOTOS, VÍDEO E +)



"Estamos no meio de uma peleja", começa a pastora, que continua: "Eu tenho tentando me preservar esses dias para não machucar meu coração. As pessoas estão confusas e muitas pessoas são más. Eu não preciso provar nada para ninguém porque eu sou a vítima, meu filho é a vítima e as provas estão todas na delegacia", diz.

Bianca Toledo e Felipe Heiderich se casaram em 2013 Foto: DIVULGAÇÃO

Ainda segundo Bianca, na internet muitas mentiras têm sido divulgadas sobre o caso: "Esses blogs falando que não tem provas, esses vídeos falando que o laudo (que comprova o abuso sofrido pela vítima) não foi aceito é tudo mentira. Eu estive em contato com a delegada hoje de manhã e ela disse que todas as informações lançadas na internet hoje a respeito dela são mentira. Não acredite em tudo o que você lê", recomendou.

Sobre o filho, a pastora disse que o menino está feliz após ter revelado os abusos que teria sofrido.

"Quanto ao meu filho, ele tá ótimo. Por isso que eu estou bem. Se ele estivesse mal, eu estaria um caco. Quem é mãe sabe disso... Ele é uma criança de cinco anos que não tem noção da gravidade do que aconteceu. E Deus nos tem dado sabedoria e apoio psicológico. Ele está tão feliz, tão aliviado de ter contado isso que ele estava carregando. E posso dizer que a alegria dele é a minha força. Ele está se sentindo leve", finalizou a evangélica.

A divulgação dos vídeos de Bianca aconteceu um dia depois de o pastor Felipe Heiderich se defender das acusações.

Na gravação, o evangélico, que ficou preso por cinco dias e, por isso, aparece com a cabeça raspada, chorando, disse que estava em choque pelas acusações.

"Eu precisava me recuperar um pouco. Eu sempre achei que todo mundo era inocente até que se provasse o contrário. Mas, o que eu vivi nesses últimos dias, semanas, é que todos são culpados até que se prove o contrário. Assim como vocês, eu fiquei em choque com tudo o que foi dito a meu respeito e todas as acusações. Até dia 12, eu estava em família, feliz, ministrando na igreja, com uma criança que eu amei, que eu mais amei nessa vida, que eu ajudei a criar com a minha esposa. No dia 14, eu sou comunicado por ela de que ela tinha descoberto que eu era homossexual e pedófilo. Ela pegou, saiu de casa com meu filho e ali começaram os piores dias da minha vida", diz.

FONTE: GLUOBO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...