A busca por vida alienígena move fanáticos em todo o planeta e, segundo eles, temos vizinhos muito mais próximos do que podemos imaginar: ali em Marte, a 60 milhões de quilômetros daqui. Não acredita? O grupo chamado Secure Team 10 jura ter provas de que os marcianos existem!(VEJA FOTOS, VÍDEOS E +)

Porém, não seria um ser inteligente, com anteninhas verdes ou que faça o sinal do Spock com as mãos: um vídeo mostra o que seria um verme gigante caminhando pela superfície do Planeta Vermelho. A imagem seria uma comparação de fotos divulgadas pelo Mars Rover. Na primeira, aparece apenas o rastro do robô; porém, na segunda foto, é possível ver algo cilíndrico “rastejando” na areia.
Publicidade
“Se você olhar mais de perto, notará que a imagem é incrível”, diz o narrador do vídeo. Para o grupo que caça ETs, essa seria uma “prova irrefutável”. Os seguidores desse pessoal acreditam que Marte um dia foi muito parecido com a Terra, tendo sido destruído por uma guerra nuclear que dizimou praticamente todos os seres vivos de lá.
Antes e depois: seria esta a prova definitiva de vida em Marte ou o povo anda usando o mesmo que a Glória Maria?

Esqueletos marcianos

“Existem estruturas em Marte. Existe artesanato em Marte. Existem edifícios, estátuas, monolitos”, juram esses caçadores. Tudo isso estaria abaixo da superfície do planeta, mas entradas estratégicas levariam até essas estruturas, e a NASA estaria tentando manter segredo sobre isso.
De acordo com o Secure Team 10, existem ossos, esqueletos, luzes estranhas e OVNIs rondando o céu de Marte. Tudo isso estaria sendo vazado aos pouquinhos pelos reais cientistas por trás da exploração do planeta mais próximo da Terra. Um seguidor do grupo acredita que o tal verme seria uma sonda de perfuração que saiu do interior do planeta em direção à superfície. Mirabolante demais?
Não é de hoje que grupos tentam provar que os marcianos existem. Recentemente, mostramos a imagem de um suposto anjo descoberto em Marte. O pessoal pira tanto nisso que já diz ter visto umcamelo e um gorila por lá! Confira, também, outras “provas” de que o planeta não é tão desabitado como a gente imagina.
"Close errado, terráqueos"