Confira no vídeo os macetes de Erika Moura para fazer bonito na folia
A gata, primeira paulistana alçada ao posto de musa-mor do Carnaval da Globo, contou que antes de estrear na avenida, em 2009, acompanhava a festa pela televisão. "Eu via como era o desfile - as baianas, por quem sempre fui maravilhada, a bateria, que é o coração da escola -, mas nunca havia tido a oportunidade de desfilar", diz. Essa história mudou em 2009, após convite feito à ONG da comunidade de Jardim Colombo na qual ela fazia aulas de dança. "Depois que eu entrei não saí mais. A primeira vez que pisei na avenida e vi o público ovacionando os componentes senti uma emoção totalmente diferente", orgulha-se.
A Globeleza conta que aprendeu a sambar vendo a mãe dançar nos bailes (Foto: Carol Caminha/Gshow)
O samba no pé já veio de berço. "Aprendi a sambar com a minha mãe, ficava olhando ela dançar nos bailes perto de casa", revela. Outras influências foram a rainha de bateria Nane Moreira e Valéria Valenssa, primeira Globeleza, que gravou as vinhetas de Carnaval da Globo entre 1991 e 2004. "Eu ficava imitando. Olhava para ela e falava: 'Mãe, olha, estou fazendo igual!'. Nunca pensando que um dia eu seria Globeleza."

Samba no pé! Clique no vídeo e admire todo charme da Globeleza
Apesar disso, ela afirma que tem como aperfeiçoar os movimentos. "A gente já nasce com o samba. Todo brasileiro, por mais que fale que não sabe sambar, sabe, sim. A gente tem a nossa naturalidade. O passinho, o braço, o jeito de sorrir, de mexer o cabelo, a gente já tem isso. Mas fazendo aula a gente acaba melhorando mais ainda."
Erika exibe seu corpo escultural: 53 quilos divididos em 1,67 metros de altura (Foto: Carol Caminha/Gshow)
Bailarina, Erika Moura aperfeiçoa seu samba com aulas de dança  (Foto: Carol Caminha/Gshow)

Cortar frituras e ter os cuidados 'que toda mulher tem' são os segredos de beleza de Erika
Além de perguntas sobre samba, Erika diz escutar das mulheres nas ruas muitas dúvidas relacionadas à beleza. "Não sou muito ligada nessas coisas", confessa. 


Eu faço as coisas que são essenciais de toda mulher: passo vaselina no pé e coloco a meia para de manhã ele amanhecer mais macio, passo hidratante no lábio de noite para de manhã ele estar mais hidratado, faço quinzenalmente hidratação no cabelo, vou constantemente à academia, faço minhas aulas de dança... 
Erika Moura é a musa do Carnaval da vinheta da TV Globo  (Foto: Carol Caminha/Gshow)A gente tem que se adaptar à coisas que nos fazem bem e à coisas que fazem bem para a saúde e que logo darão resultado no corpo."
Globeleza revela seus cuidados de beleza: hidratação para pele, pés e cabelo (Foto: Carol Caminha/Gshow)A bela ressalta que não adianta correr atrás do prejuízo perto do Carnaval. "Chegou o Carnaval a dieta do pessoal aumenta", brinca. "A minha não. Eu como mais besteira porque fico mais nervosa." A única coisa que a musa do samba procura evitar são as frituras. "Eu adoro comer ovo frito, mas tive que parar e comer cozido", ri.

Cortar a fritura da vida: essa foi a mudança alimentar de Erika Moura  (Foto: Carol Caminha/Gshow)
Sobre o assédio masculino, Erika diz que o namorado entende: ciúme sadio
Os esforços são frequentemente recompensados pelos elogios, sobretudo do público masculino, que não afetam o relacionamento de quase três anos com o namorado Gabriel. "Ele entende", afirma Erika. "Ambos fazemos praticamente a mesma coisa, ele só não se pinta. Ele dança, está constantemente com bailarinas maravilhosas, magérrimas, flexíveis. A gente tem um ciúme sadio, tanto o meu com ele quanto o dele comigo."
Erika confessa que o assédio masculino aumentou após ter ganhado o posto de Globeleza (Foto: Carol Caminha/Gshow)Ficar longe do amado no período da folia, são ossos do ofício. Mas Erika não abre mão do lugar que alcançou no Carnaval e ensina o caminho das pedras para quem quiser seguir seus passos. "Não adianta você saber sambar, que é essencial, não adianta saber falar e não ser simpático", avalia. "Tem que ter simpatia, tem que ter essa coisa de chamar, de cativar o público. E eu me jogo!"
CréditosErika Moura comenta relação saudável com namorado: 'Ele também dança' (Foto: Carol Caminha/Gshow)
Entrevista: Vitor Moreno
Fotos: Carol Caminha
Vídeo: Rodrigo Peixoto
Agradecimento: Bar Templo




FONTE: showSPaulo