TRADUTOR

Criação De Sites, Criamos E Atualizamos, Apenas Mensalidades

sábado, 1 de agosto de 2015

Gracyanne Barbosa e Belo tentam acordo para evitar leilão de bens.

Gracyanne e Belo tentam acordo para evitar leilão de bensGracyanne Barbosa e Belo estão mesmo sendo processados pela decoradora Graça Arantes e pela loja Orleans Ltda. por conta de uma suposta dívida de 2010, quando houve a reforma da casa dos dois no Rio de Janeiro.
(VEJA FOTOS E +)


Resultado de imagem para GRACIANE BARBOSA E BELOApós a dançarina dizer que desconhecia a dívida, o advogado do casal reconheceu o débito e afirmou que os artistas estão tentando fazer um acordo para evitar que seus bens sejam leiloados.

Resultado de imagem para GRACIANE BARBOSA E BELO“Já entramos em contato com a área jurídica da loja e vamos tentar acordar um valor baseado no que a lei determina, que são juros de 1% ao mês mais correção monetária. Depois pensaremos nas medidas cabíveis, pois Gracyanne desconhecia essa dívida e, a princípio, tudo foi quitado com a decoradora e sanado na época”, explicou Ivo Peralta ao jornal "Extra".
Após o vazamento do processo, Gracyanne chegou a afirmar publicamente que nunca havia contratado os serviços da loja e da decoradora e chegou a ameaçar abrir um processo por calúnia.
Resultado de imagem para GRACIANE BARBOSA E BELO"Desconheço esse processo e nunca fui a loja nenhuma. Nossos advogados já foram acionados para tomar as medidas cabíveis por falso testemunho", afirmou a ex-dançarina ao “Ego”.
A assessoria de imprensa do casal chegou a divulgar um comunicado dizendo que Belo e a dançarina desconheciam a dívida.
"Houve um destrato comercial com a decoradora responsável pelo projeto executado em 2010, o qual foi totalmente quitado por acordo conduzido pelos advogados das partes envolvidas em 2012. Também deixam claro que todos os pagamentos foram feitos diretamente a decoradora responsável e nunca a nenhum fornecedor ou prestador de serviço."
Entenda o caso
Resultado de imagem para GRACIANE BARBOSA E BELOO cantor e modelo contrataram os serviços de Graça Arantes e o pagamento, segundo a decorada, no valor de R$ 220 mil, não foi quitado até 2012.
A profissional chegou a receber cheques, mas eles não tinham fundos e voltaram. O mesmo teria acontecido com um estabelecimento onde uma compra de R$ 18 mil foi feita.
Dentre os itens retirados por um Oficial de Justiça estavam um lustre de cristal de R$ 18 mil e uma mesa com cadeiras, avaliada em cerca de R$ 10 mil. Até segunda ordem, o leilão está previsto para ser realizado no dia 12 de agosto
FONTE: MSN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...